Pages

quarta-feira, 6 de março de 2013

Já perdoei erros quase imperdoáveis,Tentei substituir pessoas insubstituíveis
E esquecer pessoas inesquecíveis.
Já fiz coisas por impulso,
Já me decepcione com pessoas quando nunca pensei me decepcionar,
Mas também já decepcionei alguém.
Já chorei ouvindo música e vendo fotos,
Já me apaixonei por um sorriso.
Já liguei só para escutar uma voz,
Já pensei que fosse morrer de tanta saudade
E tive medo de perder alguém especial.
Já abracei pra proteger,
Já dei risada quando não podia,
Fiz amigos eternos,
Amei e fui amada,
Mas também já fui rejeitada,
Fui amada e não amei.
Já gritei e pulei de tanta felicidade,
Já vivi de amor e fiz juras eternas.
Mas vivi, e ainda vivo!
Não passo pela vida…
E você também não deveria passar!
Viva…
Bom mesmo é ir à luta com determinação,
Abraçar a vida com paixão,
Perder com classe
E vencer com ousadia,
Porque o mundo pertence a quem se atreve
E a vida é “muito” pra ser insignificante.

Nenhum comentário:

Postar um comentário