Pages

terça-feira, 15 de maio de 2012

Diga

Porque não me diz logo que “não” e liberta-me dessa cadeia, porque não diz logo que “não” e acaba de uma vez com minha dor? Diga, diga logo. Diga o que quero ouvir ou o que não quero ouvir, mas diga algo. Diz-me juras de amor ou grita escárnios. Decida-se, por favor. Eu sussurro que amo você, mas falo que não sei o que sinto. Será que você também sussurra sua resposta ao dizer-me que não sabe?

Nenhum comentário:

Postar um comentário