Pages

sexta-feira, 2 de setembro de 2011

Passagem de ônibus em Teresina é motivo de protestos violentos


Diante todo o caos causado pelo aumento do preço da passagem de ônibus aqui em Teresina, me vi na obrigação e direito de escrever sobre o assunto aqui. Porque esse blog não é só para descontrair, é pra falar de coisa séria também.O problema todo começou no sábado, 26 de agosto, quando o nosso prefeito Elmano Férrer assinou um decreto que aumentou o custo da passagem dos ônibus coletivos de R$1,90 para R$2,10; um aumento de vinte centavos. Tudo isso porque Teresina era a quarta cidade com a passagem mais barata do país.
Os estudantes, em especial, ficaram indignados com esse reajuste. Desde segunda-feira eles vêem fazendo protestos nas principais avenidas da cidade. No entanto, perderam o controle da situação e todo o manifesto virou um verdadeiro ato de falta de respeito e má educação.
Ônibus foram pinchados; avenidas interditadas, afetando todo o trânsito da capital. Com o passar dos dias, o número de manifestantes aumentou e o grau de descontrole também. Quebraram as janelas dos ônibus, saquearam o dinheiro dos cobradores, e chegaram ao extremo do vandalismo: queimaram três coletivos.
O prefeito revogou por trinta dias o preço da passagem que voltou a ser R$1,90 como tentativa de amenizar a confusão. Mas quando acabar o prazo de um mês ele vai ter desculpas (esfarrapadas) para dobrar esse valor. Porque afinal de contas, quem anda de ônibus somos nós. Queria ver o Elmano dependendo de ônibus só por um dia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário